Instituto Abraço de Mãe utiliza cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar a sua experiência de acordo com a nossa Política de Privacidade e Termos de Uso, e ao continuar navegando você concorda com estas condições.

A importância da nutrição infantil

           A nutrição infantil é algo muito importante, além de que a alimentação tem um papel crucial em relação ao desenvolvimento da criança, fortalecendo o sistema imunológico e também na prevenção de doenças futuras. Por isso é fundamental uma alimentação saudável adequada às necessidades da criança. Para saber mais sobre a nutrição infantil e os nutrientes necessários para o desenvolvimento dessa etapa, acompanhe a matéria a seguir.

Quais são os nutrientes necessários ?

 Nessa fase de desenvolvimento da criança é preciso ter atenção a certos nutrientes, como o ferro e vitamina D, é o DHA que é muito importante para o desenvolvimento do cérebro. É importante que as refeições contenham vegetais, frutas, cereais e lácteos. Em relação a alimentação saudável da criança a implementação do leite e seus derivados é de grande importância nesta fase de desenvolvimento, pois são alimentos que contém vários nutrientes. Logo abaixo falaremos um pouco desses nutrientes: 

  •   Ferro: o ferro fica responsável pelo transporte do oxigênio para as células, e na conversão do açúcar do sangue em energia. Esse mineral está presente nas carnes vermelhas, cereais, vegetais verde-escuros, feijão e milho. 
  •  A vitamina D: ela é importante para que o nosso corpo consiga absorver cálcio, para manter os ossos fortes, e também pode influenciar no sistema imunológico. Essa vitamina está presente em alimentos como: leite, gema de ovo, atum, sardinha, e também na exposição à luz solar. 
  •   DHA:  Ácido-Docosa-Hexaenóico, do tipo ômega-3, que  contribui na memória, aprendizagem, ajuda a diminuir a chance de prematuridade e baixo peso e aumenta a imunidade. O DHA  está presente em apenas  peixes de água fria, como atum, bacalhau, salmão, sardinha e truta. 


Porque é importante acompanhar o crescimento e o desenvolvimento da criança?

É muito importante acompanhar esses dois indicadores centrais da saúde da criança, sendo que esses fatores são importantes para que a criança possa atingir todo o seu potencial de crescimento e desenvolvimento. 

Primeira coisa importante que precisa ser enfatizada é que toda criança precisa de acompanhamento pediátrico, pois é o pediatra que vai acompanhar o ritmo de crescimento da criança, analisando por meio da curva de crescimento, qualquer alteração de padrão no desenvolvimento infantil. Algumas alterações que podem atrapalhar o crescimento de uma criança são: distúrbios metabólicos, alterações hormonais e desnutrição. Para identificar as possíveis causas é preciso analisar o histórico familiar e aspectos do desenvolvimento do paciente. 

De que forma o peso e a altura refletem sobre o estado nutricional da criança? 

Todas as crianças precisam ter uma alimentação saudável e precisam ter acesso a alimentos nutritivos, que contribuam para o crescimento pleno dando oportunidade para que a criança possa descobrir todas as suas capacidades. 

Por isso, é preciso refletir sobre o acesso da criança à alimentação, que pode ser saudável ou não, mas que de qualquer forma pode refletir em aspectos mais agudos da saúde. Já a altura indica a qualidade de vida da criança, por isso é preciso estar atento, pois a falta de crescimento pode estar relacionada  a desnutrição crônica, que pode ser referente a condições de vida muito precárias. 

Como estimular uma alimentação saudável em crianças?

Sabemos muito bem que quanto mais natural e colorida for a alimentação ela trará diversos benefícios, além de ter  mais vitaminas diferenciadas. Apresentar os alimentos às crianças, preparar os alimentos em conjunto, já é uma forma de incluir as crianças nesse processo de inserção da alimentação saudável. 

Uma outra forma de chamar a atenção das crianças e enfeitar o prato, tornando as refeições um momento prazeroso para a criança, também seria interessante, na hora da refeição criar pratos criativos, e até cultivar uma horta em casa é um ótimo incentivo para a criança. 

Alguns alimentos são sobrecarregados em açúcares, sal e outros ingredientes que não são recomendáveis, e que são prejudiciais à saúde das crianças. Por isso a importância de introduzir uma alimentação saudável na rotina das crianças desde dos primeiros anos de vida, tornando o momento da alimentação uma hora gostosa e divertida e o mais importante saudável. Veja abaixo os perigos do consumo de açúcar em crianças e bebês: 

Os perigos do consumo de açúcar para crianças e bebês

Já sabemos que uma alimentação saudável é de extrema importância para o desenvolvimento das crianças. E que os produtos açucarados devem ser evitados em qualquer idade, sendo que em um determinada faixa etária a inserção de açúcares pode prejudicar muito o desenvolvimento da criança, ainda mais o açúcar refinado. Ou seja,  quanto maior absorção de açúcar essa criança tiver, maior o risco de sobrepeso, e alteração nos níveis de sangue ela terá, por isso a criança não deve consumir açúcar até os 2 anos.  

Quais os alimentos que contém açúcar devem ser evitados? 

  •    Refrigerantes, sucos de pó, bebidas açucaradas, 
  •     Alimentos como bolachas, bolos e balas, entre outros. 


Quais são as dicas para se diminuir o consumo de açúcar? 

Para iniciar a diminuição de açúcar, ou consumir em menor quantidade é necessário diminuir o consumo de produtos com alto teor de açúcar. Ao diminuir o consumo, o paladar vai se adaptando, passando a consumir produtos com menos açúcar.  

Segue algumas dicas :

  •    De olho no rótulo: A primeira coisa para se ter atenção e no rótulo dos produtos, para ver a quantidade de açúcar presente;  
  •    Estimule a alimentação saudável: Ter um paladar variado e muito interessante para substituir os alimentos açucarados nas refeições; 
  •    Seja um  exemplo para seus filhos: As crianças se espelham nos seus pais para desenvolver hábitos, então se você quer que seu filho desenvolva hábitos saudáveis, essa é uma ótima oportunidade de mudar seus hábitos; 
  •   Opte por outros tipos de doce:  Existem algumas preparações de doces que podem substituir guloseimas cheias de açúcar. Na internet possuem diversas receitas que podem substituir o açúcar por adoçantes naturais, como por exemplo: frutas e mel, assim reduzindo o açúcar.